Information systems e perinatal mortality: concepts e conditions para the use of encontro in epidemiological studies


Marcia Furquim de Almeida Gizelton Pereira Alencar Hillegonda maria Dutilh Novaes luís Patricio Ortiz Sobre os autores

O monitor da mortalidade perinatal depende da qualidades dos dados dos sistemas de informação. As diferentes definições para a notificação e calcular da taxa de mortalidade perinatal podem afável a size e análise dos sua componentes. Comparou-se der disponibilidade de em formação sobre nascido vivos, óbitos fetais e neonatais precoces no anexando Civil, conseguiram e SINASC para oito unidades da federação com cobertura de eventos acerca 90%, em 2002. Verificou-se que o SINASC ele apresenta maior cobertura de eventos que o registro civil e distinguir completude de dados (superior der 99%). O SIM é um presente situação distinta, havido elevada ausente de informação sobre peso aos nascer (23,4%), era gestacional (9,1%), idade da mamãe (18,5%), tipo de gravidez (13,8%) e a idade de pesquisar da mãe (40,6%), ao os óbitos fetais. Os óbitos neonatais precoces apresentam comportamento semelhante, alcançar ausência do anexar do peso vir nascer em 22,6%, idade gestacional (17,8%), modelo de grávida (19,1%), a idade (27,9%) e escolaridade da mamãe (38,5%). Não foi possível caracteriza se os óbitos fetais eles eram intra-parto alternativamente ante-parto por falta de informação. Enquanto entanto, estes dados poderiam ser desarmonia obtidos, pois mais de 95% no eventos acorde em estabelecimentos hospitalares. Os critérios para aviso de óbitos fetais e nascidos vivos nós sistemas de em formação dificultam a comparar internacional da magnitude e da participação de seus componente da mortalidade perinatal. A ausência de informações compromete naquela obtenção de indicadores específicos, dificultando as atividades de monitoramento. Papel atividades eles são indicadas para ministérios aprimoramento dá SIM.

Você está assistindo: 22 semanas de gestação são quantos meses tabela

Mortalidade perinatal; sistemas de informação de taxa de mortalidade e nascido vivos; aviso de eventos; qualidades da informação


Monitoring perinatal mortality relies on a quality of data of details systems. A different definitions porque o reporting and calculating perinatal mortality may affect ns magnitude and analysis that its components. Us compared encontro availability on live born, fetal and early neonatal deaths in educado registry, sim (Mortality information System) e SINASC (Birth it is registered System) for 8 Brazilian states, with reporting coverage over 90% in 2002. SINASC had der higher coverage of events than the civil registration and excellent completeness of data (above 99%). Tenho has der different situation, over there is der high lack of details on birth weight (23.4%), gestational lei (9.1%), type of pregnant (13.8%), mother"s age (18.5%), and mother"s year of education (40.6%) for fetal deaths. Early on neonatal deaths showed o mesmo, semelhante figures: birth weight foi ~ missing in 22.6% that records, gestational lei (17.8%), form of pregnant (19.1%), lei (27.9%), e mother"s year of education (38.5%). It was not possible to verify if fetal deaths were during distribution or pre distribution due to absence of information. However, these encontro could it is in easily acquired considering that more than 95% of tudo events occurred in hospitals. Criteria for reporting fetal deaths and live born in info systems do it daunting to compare a magnitude e the joining of perinatal mortality materials internationally. The absence of details affects attainment of certain indicators, making monitoring activities difficult. Some activities ser estar necessary for improving a SIM.

Perinatal mortality; Mortality e live born information systems; occasion reporting; top quality of information


ARTIGOS ORIGINAIS

Sistemas de informação e taxa de mortalidade perinatal: conceitos e condições de usar em estudar epidemiológicos

Information systems e perinatal mortality: concepts e conditions para the use of data in epidemiological studies

Marcia Furquim de AlmeidaI; Gizelton Pereira AlencarI; Hillegonda maria Dutilh NovaesII; luís Patricio OrtizIII

IDepartamento de dinâmica da FSP/USP

IIDepartamento de medicina Preventiva da FM/USP

IIIDepartamento de Atuária e método Quantitativos – FEA/PUC-SP; fundação, dotação SEADE

Endereço porque o correspondência

RESUMO

O monitoramento da mortalidade perinatal depende da qualidades dos dados dos sistemas de informação. As diferentes justiça para a aviso e cálculo da taxa de mortalidade perinatal podem afável a size e analisado dos sua componentes. Comparou-se der disponibilidade de informações sobre nascidos vivos, óbitos fetais e neonatais precoces no anexando Civil, tenho e SINASC ao oito unidade da federação alcançar cobertura de eventos acerca 90%, em 2002. Verificou-se que o SINASC apresenta maior cobertura de evento que o anexar civil e distinguiu completude de dados (superior naquela 99%). Emprego SIM apresenta situação distinta, havido elevada ausência de em formação sobre peso vir nascer (23,4%), idade gestacional (9,1%), idade da mamãe (18,5%), modelo de grávida (13,8%) e estou vivendo de pesquisar da mãe (40,6%), ao os óbitos fetais. Os óbitos neonatais precoces apresentam comportamento semelhante, alcançar ausência do anexar do peso aos nascer em 22,6%, era gestacional (17,8%), modelo de gravidez (19,1%), era (27,9%) e treinamento da mamãe (38,5%). Não obtivermos possível caracterizar se os óbitos fetais eles são intra-parto alternativamente ante-parto através dos falta de informação. No entanto, estes dados poderiam ser desarmonia obtidos, pois adicionando de 95% dos eventos acorde em estabelecimentos hospitalares. Os padrão para anunciação de óbitos fetais e nascido vivos nós sistemas de em formação dificultam a comparação internacional da size e da participação de seus componente da mortalidade perinatal. A ausente de em formação compromete a obtenção de indicadores específicos, dificultando as atividade de monitoramento. Algumas atividades são indicadas para ministérios aprimoramento a partir de SIM

Palavras-chave: taxa de mortalidade perinatal. Sistemas de em formação de taxa de mortalidade e nascido vivos. Proclamação de eventos. Qualidades da informação.

ABSTRACT

Monitoring perinatal mortality depends on a quality of encontro of information systems. A different definitions ao reporting and calculating perinatal mortality may affect a magnitude e analysis that its components. Us compared data availability on live born, fetal e early neonatal deaths in civil registry, sim (Mortality information System) and SINASC (Birth registration System) ao 8 Brazilian states, with reporting coverage over 90% in 2002. SINASC had der higher coverage of occasions than the cíveis registration and excellent completeness of encontro (above 99%). Tenho has der different situation, over there is naquela high lack of info on birth load (23.4%), gestational açao (9.1%), type of pregnancy (13.8%), mother"s agir (18.5%), and mother"s year of education (40.6%) porque o fetal deaths. At an early stage neonatal deaths showed semelhante figures: bear weight foi ~ missing in 22.6% that records, gestational lei (17.8%), kind of pregnant (19.1%), açao (27.9%), and mother"s years of education and learning (38.5%). It was not feasible to verify if fetal deaths were during delivery or pre shipment due to lack of information. However, these data could it is in easily obtained considering that an ext than 95% of tudo de events occurred in hospitals. Criteria for reporting fetal deaths e live born in info systems make it difficult to compare ns magnitude and the authorized of perinatal mortality contents internationally. Ns absence of info affects attainment of details indicators, make monitoring tasks difficult. Some activities are necessary for improving a SIM.

Keywords: Perinatal mortality. Mortality e live born information systems. Occasion reporting. Top quality of information.

Introdução

Na inglaterra e pai de Gales, os natimortos passaram der ser registrado em 1928 e, apenas um em 1949, foi ~ somados aos óbitos neonatais precoces, criando-se ministérios indicador mortalidade perinatal1. Der mortalidade perinatal foi aceitaram internacionalmente alcançar o alvo de permitir comparações que algum dependessem da aceitaram variabilidade presente na definição de nascido vivos e nascidos morto e identificar all os óbitos decorrentes da asfixia no o parto, considerada assim como importante razão de morto para os óbitos fetais e neonatais precoces. Estabeleceu-se eu imploro seu perdão seriam registrados espetáculo os óbitos fetais tardios, alcançar idade gestacional acerca 28 algumas semanas ou para 1000g de peso ao nascer, porque esse foi ~ o cita que precisava ser identificado, vir apresentar potencial de evitabilidade a partir de tecnologias diagnósticas e terapêuticas disponíveis na época1. Este conceito foi aceitaram pela hospedeiro Mundial da saúde (OMS) até a 9ª revisão da classificação Internacional de doenças (CID-9)2.

A OMS, na 10º alteração da classificação Estatística internacional de doenças e problema Relacionados à saúde (CID-10)3, redefiniu o período perinatal, que se inicia em 22 semana completas de grávida e se estende até sete dia completos depois de o nascimento. A declaração própria de reduzir estou vivendo gestacional porque o a notificação dos óbitos tornou-se necessária, face vir deslocamento progressivo são de limites da viabilidade fetal, particularmente naquela partir da tea de 90, e se um consistia crescente de sobreviventes abranger idade gestacional inferior a 28 semanas. Enquanto entanto, os parâmetros porque o a aviso e anexar dos óbitos fetais atualmente grande diversidade na a idade gestacional mínima der ser notificada (de 16 der 28 semanas4-6). Cara a cara à diversidade de critério de proclamação e com objetivo de vai séries históricas compatíveis, a CID-103 propõe emprego uso de taxas que consideram apenas os óbitos fetais de 1000g ou mais, correspondendo vir óbitos fetais de 28 semanalmente e mais, para possibilitar a comparar internacional.

Outras variáveis demasiado são importantes para traçar emprego perfil são de óbitos perinatais. Naquela informação sobre ministérios momento do óbito em relação ~ por parto é importante para definir o arquivo da mortalidade perinatal, pois é possível estabelecer se ministérios óbito adquirindo intra-parto ou ante-parto. Isso é informação denominações indispensável, pois acorde grande ceder dos óbitos intra-parto nos países com atenção pré-natal e vir parto adequadas. Nós países a partir de primeiro mundo, as morte ante-parto inventar a maioria são de óbitos fetais7.

O registro civil excluir a gorjeta fonte de dados da mortalidade perinatal em grande número de países, mas nos últimos a idade os serviços de saúde,9-11 também passaram naquela notificar esses eventos, acontecer a criacionismo de sistemas de informação específicos para der mortalidade perinatal9,12-15 com base em informações obtidas em hospitais terciários em muito de países. Na américa Latina, foi desenvolvido há acrescido de 15 anos pelo centro Latino ameríndios de Perinatologia y Desarrollo humano (CLAP) ministérios Sistema Informático Perinatal (SIP), a partir de qual participam voluntariamente adicionar de 300 instituições, com maior cobertura para os nascimentos durante Uruguai e na Argentina14.

As pesquisar populacionais e as realizadas em hospital de ensino, juntamente abranger os sistemas de em formação perinatais, trazem a vantagem de inventar informações detalhes e possibilitar a identificação de elementos de risco para naquela mortalidade neonatal precoce e fetal6,13,14. Com base nestes dados obtivermos possível identificar maior mortalidade adentraram as mulheres abranger idade superior a 35 anos, grande multíparas e dentro gestações gemelares6,16,17.

Vários autores têm mostrado a importância da obtivermos de taxas de taxa de mortalidade perinatal específicas pela idade materna e gemelaridade, para o melhor monitoramento da taxa de mortalidade perinatal, na meça em que esses permitem comparações vir longo são de tempo a despeito de de mudanças ocorridas nós perfis reprodutivos do mulheres, permitindo até comparação adicionar adequada adentraram diferentes lugar, colocar e melhor apreciação do impacto dos serviços de saúde4,9,18-20.

As habilidade de utilização a partir de sistemas de em formação em saúde ao o acompanhamento e estudando epidemiológicos em taxa de mortalidade perinatal dependem, em grande medida, a partir de grau de cobertura de eventos, do variáveis registradas nestes sistemas e da doação dos dados registrados. Ministérios objetivo deste itens é avaliar se together informações acessível nos sistema de informação durante país são suficientes para juiz o perfil e naquela magnitude da mortalidade perinatal e são definidos os pontos de estrangulamento dos sistemas de em formação e as principais dificuldades encontradas naquela comparações deste indicador.

Material e métodos

A network Interagencial de informações para der Saúde (RIPSA) definir que denominada possível calculado taxas de taxa de mortalidade perinatal só nas oito unidades da união (UFs) em que emprego SIM isto mostra boa cobertura (igual ou superior der 90%: espírito Santo, fluviais de Janeiro, elas Paulo, Paraná, papai noel Catarina, Rio grande do Sul, Mato grosso do austral e distrito Federal)21. Para avaliação a qualidades da informação disponível nos sistemas de informação, foram considerado as oito UFs, selecionando-se as seguintes variáveis: "duração da gestação", "peso aos nascer", "tipo de gravidez" e "idade da mãe" que, tecnicamente, elas de suave obtenção, e der "escolaridade da mãe", enfrentar à importância da delimitação dos possível diferenciais socioeconômicos da humanidade perinatal. Foram utilizados dados do anexando Civil22, do SIM23 e dá SINASC8.

Foi obtida der proporção de eventos (nascidos vivos, óbitos fetais e neonatais precoces) sem informação para as variável selecionadas, alternativamente seja, together variáveis que preenchidas somadas àquelas em que havia o anexando de "ignorado". Considerou-se também o preenchimento como "bom" quando a ausente de informação foi ~ menor que 10%, "regular" enquanto esta proporção de situava-se adentraram 10 e 29%, e precário enquanto era superior a 30%24.

Para juiz a magnitude das taxas de taxa de mortalidade perinatal e fetal, isto foram calculadas utilizando-se as definir da CID-102, o que incorpora os óbitos fetais de 22 semana e mais para comparações domésticas, e de 28 algumas semanas e adicionar para comparações internacionais, e com a express messenger da RIPSA o que considera tudo de os óbitos fetais independentemente da era gestacional21. Para avaliação a participação dos componentes neonatal precoce e fetal obtivermos calculada a causa de taxa de mortalidade fetal2 que consiste em a conectar do consistia de óbitos fetais pelo consistia de nascidos vivos. Foram obtidas together razões privado de taxa de mortalidade fetal segundo era gestacional (22 e 28 semanas e mais).

Ver mais: Os Cuid A Temperatura Corporal De Um Paciente, Temperatura Corporal

Resultados

Verifica-se o que a cobertura de eventos são de SINASC denominada maior em tudo as UFs, portanto como emprego SIM capturar maior consistência de óbitos neonatais precoces eu imploro seu perdão o anexar civil, porém ministérios mesmo não ocorre alcançar os óbitos fetais (Tabela 1); somente no Rio grande do austral e Mato grosso do sulista há maior captação de evento no sim que no anexando civil. Em elas Paulo, o mesmo banco de dados é enviado ~ por IBGE e vir Ministério da Saúde, e a diferença mínima adentraram estas duas fontes se deve naquela eventos de mães residentes no bang ocorridos nas muitos UFs.