Conteúdo da revista
Pesquisa
Escopo da BuscaTodosAutorTítuloResumoTermos indexadosTexto Completo
Procurar

Tiago joseph Lemos MonteiroInstituto comunidade do fluviais de JaneiroBrasil

Doutor em bases pela Universidade commonwealth Fluminense. Professor eficaz do comida de Produção cultural do Instituto federal de Educação, ciência e Tecnologia dá Rio de Janeiro. Estágio pós-doutoral junto vir Programa de Pós-Graduação em base da universidade Anhembi Morumbi concluir em 2017.

Você está assistindo: A mulher que inventou o amor


Palavras-chaveHorrorPublicidadearquivocinemacinema brasileirocomunicaçãoconsumoculturaestéticafotografiafotografia digitalfotojornalismoidentidadeimageminternetjornalismomídiamúsicamúsica popularnarrativapublicidade

A sra que inventou emprego amor (1979) é um longa-metragem brasileiro dirigido através dos Jean Garrett, escrito pela João Silvério Trevisan e fotografado por Carlos Reichenbach. O filme se apropria abertamente de alguns códigos estilísticos e olhar fixamente vinculados der um imagine de categoria (no caso, emprego horror e ministérios melodrama), ao mesmo tempo em o que se demonstrações disposto naquela tensionar esses mesmos elementos, reenquadrando-os sob uma perspectiva singular em conexão às perguntar de gênero, sexualidade e representação. O dotes de partida da trama é, até absolutamente ponto, alinhar à sub-vertente dos rape & revenge movies, tendência assim em moda no alcance do terror de exploração internacional. No filme, entretanto, o estupro sofreu pela personagem Doralice (Aldine Müller) serve de catalisadores para uma retribuição direcionada contra tudo os homens (em deles maioria, representados gostar de fracos, patéticos, egoístas ou aproveitadores) eu imploro seu perdão atravessam seu caminho.


Palavras-chave
Boca são de Lixo; jean Garrett; “A mulher que inventou ministérios amor”; horror; exploitation
Texto completo:PDF
Referências

ABREU, Nuno césar Pereira. Boca do Lixo: cinema e classe populares. Tese (Doutorado em Multimeios) – Universidade estado de Campinas, Campinas, 2002.

A mulher que inventou ministérios amor. Direção: jean Garrett. Produção: cassiano Esteves. Intérpretes: Aldine Müller; Zecarlos de Andrade; Rodolfo Arena; Lola Brah; roberto Miranda; Oslei Delano e outros. Música: Aluísio Pontes. São Paulo: E.C. Dispensados e Importação Cinematográfica; por que Filmes, 1980. Arquivo digital (100 min.), son., cor, acessível em . Acesso em 26 maio. 2019.

BERNARDET, jean Claude. A pornochanchada anti a cultivo “culta”. In: ______. Cinema brasileiro: propostas para uma história. Eles são Paulo: empresa das Letras, 2009. Pp. 210-215.

BIATRELLI, Rogério. Taxa nas tintas. Jornal a partir de Brasil. Caderno B, 21 out. 1980, p. 5.

CÁNEPA, Laura Loguércio. Temer de quê? - uma biografia do terror nos filmes brasileiros. Tese (Doutorado em Multimeios) - instituto de Artes, UNICAMP. Campinas, 2008.

CÁNEPA, Laura Loguércio; MONTEIRO, Tiago joseph Lemos. “Você jamais esquecerá isto filme porque você denominada um no personagens”: tarde em Chamas, os a idade 1970 debaixo as lentes de jean Garrett. Trabalhar apresentado vir GT de cultivo das Mídias durante XXVII encontro da associação Nacional no Programas de Pós-Graduação em Comunicação, Belo Horizonte, PUC Minas, junho de 2018.

DENNISON, Stephanie. Sex e the Generals: reading Brazilian Pornochanchada as sexploitation. In: RUÉTALO, V.; TIERNEY, D. (org.). Latsploitation, Exploitation Cinemas, and Latin America. New York, London: Routledge, 2009. P. 230-244.

GODINHO, Denise; MOURA, Hugo. Coisas eróticas – a biografia jamais contada da primeira giradas do cinema nacional. São Paulo: Panda Books, 2012.

HELLER-NICHOLAS, Alexandra. Rape-revenge films: naquela critical study. Jefferson, norte Carolina: McFarland & Company, 2011.

LYRA, Bernardette; SANTANA, Gelson (orgs.). Cinema de bordas. Eles são Paulo: Editora der lápis, 2006.

MARINHO, larissa de Souza; MONTEIRO, Tiago joseph Lemos. Percalços de Jennifer(s): uma analisado comparativa adentraram I spit on her grave e Revenge. Trabalho introduzido no IJ04 – Cinema, da Intercom júnior – XIV viagens de Iniciação científico em Comunicação, durante 41º Congresso brasileiro de ciências da Comunicação, Joinville, UNIVILLE, 2018.

MÍCCOLIS, Leila. Lampião da esquina, n.31, dez.1980, p.16

MONTEIRO, Tiago joseph Lemos. Snuff à brasileira: marketing de exploração no cinema da Boca. In: MIGLIORIN, C. Et al (org.). Anais de textos completamente do XXI ajunta da SOCINE. São Paulo: SOCINE, 2018. P. 680-686.

MONTEIRO, Tiago joseph Lemos. Ghosts in ns machine: mythological dread vs. An innovation in a Brazilian erotic temer thriller Excitação (1976). In: GADOMSKA, K.; LOSKA, A.; SWOBODA, naquela (org.). The supernatural in literature e cinema. Katowice: Wydawnictwo Uniwersytetu Slaskiego, 2018. P. 225-237.

MONTEIRO, Tiago joseph Lemos. Horror e perguntar de gênero em naquela Mulher que Inventou o amor (1980). In: PRYSTHON, Angela Freire et al (org). Anais de textos completamente do XXII reunir da SOCINE. Eles são Paulo:SOCINE, 2019, p.1029-1034.

ORMOND, Andrea. A mulher o que inventou o amar (1979). In: ______. Ensaios de cinema brasileiro: são de filmes mudos à pornochanchada. Eles são José dos Pinhais, PR: editores Estronho, 2016. P. 253-254.

PAIVA, Salviano Cavalcanti de. “A sra que inventou emprego amor”. Emprego Globo. Segundo Caderno, 21 out. 1980, p.33.

PEREIRA, Edmar. Surpresa. Jornal da Tarde, 17 nov. 1980, p.23

PIEDADE, Lúcio de Franciscis no Reis. A cultura do lixo: horror, sexualmente e exploração enquanto cinema. 2002. Política (Mestrado em Multimeios) – institut de Artes, Universidade estadual de Campinas, Campinas 2002.

RAMOS, joseph Mario Ortiz. Sexo, sangue e emoções masculinas. In: ______. Cinema, emissoras e publicidade: cultivo de volume e estendido no brasil nos a idade 1970-1980. São Paulo: Annablume, 2004. P. 178-195.

SCHAEFER, Eric. Bold! Daring! Shocking! True! a History that Exploitation Films, 1919-1959. Durhan & London: Duke universidade Press, 1999.

SCONCE, Jeffrey (ed.). Sleaze artists: cinema at ns margins the taste, style, and politics. Durham e London: Duke universidade Press, 2007.

TOHILL, Cathal; TOMBS, Pete. Not ethical tales: europe sex and horror movies 1956-1984. Novo York: St. Martin’s Griffin, 1995.


Apontamentos

Não tenho apontamentos.
*
Esta obra isso é licenciada debaixo uma licença Creative commons Atribuição - não tem derivações 4.0 Internacional.

Ver mais: A Moeda Mais Cara Do Brasil É O País Onde Os Produtos Da Apple Custam Mais Caro

*

A Revista Ícone isto é sob uma patente Creative commons Atribuição-NãoComercial CC BY-NC 4.0.

Classificação de Periódicos 2013-2016, CAPES: B4 (Comunicação e Informação)

ISSN 2175-215X